Uma pessoa morreu e três foram levadas ao hospital após um vazamento de dióxido de carbono na usina nuclear Ascó, na Catalunha, Espanha, em 24 de novembro. Os serviços de emergência disseram que o incidente não estava relacionado à atividade radiológica, mas provavelmente foi causado por uma falha na planta e no sistema de prevenção de incêndios.

O corpo de bombeiros da Catalunha informou que foi chamado à usina nuclear perto de Ascó por volta das 18h55, horário local. Um total de sete equipes de combate a incêndio ajudaram a proteger o local e verificaram os exaustores antes de garantir que o sistema de prevenção de incêndio estava seguro e funcionando novamente. Quatro tripulantes pernoitaram por precaução, mas partiram depois que o local foi confirmado como seguro, disse o corpo de bombeiros.

A operadora da usina nuclear Ascó, a Associação Nuclear Ascó-Vandellòs (ANAV), afirmou em nota que o incidente ocorreu na Unidade 1. O falecido e os três feridos eram todos técnicos da usina e estavam fazendo manutenções tarefas ao trabalhar no sistema de prevenção de incêndio quando o vazamento ocorreu. Os feridos foram tratados em um hospital local por ferimentos leves por inalação de CO2.

A ANAV disse que isso aumenta a dor da família do trabalhador falecido e expressou suas condolências. Ele acrescentou que abriu uma investigação sobre o acidente, que não comprometeu a segurança da instalação e do meio ambiente.


fonte: Ligação

Sobre o autor: Eduardo Kando Gerente WiseGroup
Estou aqui para ajudar e orientar todos os visitantes do site WisePlant. Será um prazer responder suas perguntas, conhecer suas preocupações e receber suas recomendações para melhorar nossos serviços.